IPC - Instituto do Património Cultural

IPC - Instituto do Património Cultural Informações para nos contactar, mapa e direções, formulário para nos contactar, horário de funcionamento, serviços, classificações, fotos, vídeos e anúncios de IPC - Instituto do Património Cultural, Organização governamental, Achada Santo António, Praia.
(4)

O Instituto do Património Cultural (IPC) é um instituto público, dotado de personalidade jurídica e autonomia administrativa, financeira e patrimonial, cuja missão consiste na identif**ação, inventariação, investigação, salvaguarda, defesa e divulgação dos valores culturais do património cultural, móvel e imóvel, material e imaterial do povo cabo-verdiano. O IPC é dirigido por um Presidente de Con

selho de Administração, nomeado por Resolução do Conselho de Ministros, sob proposta do membro do governo responsável pela área da cultura;

A estrutura e as normas de funcionamento do IPC são aprovados por diploma próprio.

09/12/2023
IPC recebe Diretor de Monumentos e Sítios e Chefe de Divisão do Património Subaquático do Senegal. No quadro da parceria...
07/12/2023

IPC recebe Diretor de Monumentos e Sítios e Chefe de Divisão do Património Subaquático do Senegal.

No quadro da parceria para o reforço das capacidades e partilha de experiências para a valorização do Património Cultural, a equipa diretiva do IPC recebeu a visita do Diretor dos Monumentos e sítios e chefe da Divisão do Património Subaquático do Senegal, Seydou Kane.

O momento foi de troca de informações sobre os vários projetos em curso, em cada um dos países, perspetivando a partilha de experiências e o desenvolvimento de projetos conjuntos para a valorização do Património Imaterial da Diáspora dos dois países.

Neste particular, falou-se da possibilidade de conexão do passado histórico comum, através da reconstrução do roteiro que ligou Cidade Velha à Ilha senegalesa de Goreé e o Centro Protegido de Saint-Louis, por forma a criar uma narrativa que descreve todo o circuito do trafico de escravos na região. Ainda, foi considerada a possibilidade de realização de estudos comparativos entre os sítios do Património Mundial acima referenciados.

Esteve também, no centro das reflexões, a apropriação dos elementos culturais pelas comunidades e projetos que podem ser desenvolvidos para valorizar estas experiências a luz dos principios das convenções do Património Cultural, particularmente na tangente à construção da Paz e da Tolerância.

O encontro culminará com visitas às diferentes estruturas do IPC, nomeadamente os Museus na Cidade da Praia.




Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
Direction du Patrimoine Culturel Sénégal - Officiel

“É bom para todos os que visitam Povoação Velha compreendam que nesta vila teve uma senhora que honrou Cabo Verde e o no...
07/12/2023

“É bom para todos os que visitam Povoação Velha compreendam que nesta vila teve uma senhora que honrou Cabo Verde e o nosso percurso – Maria Barba” – MCIC, Abraão Vicente

Povoação Velha está em festa, Boa Vista está em festa. O busto em homenagem a esta figura maior da morna da ilha da Boa Vista, cantadeira e compositora, Maria Barba, já está imponente logo à entrada da sua vila, Povoação Velha.

O ato de entrega aconteceu no final da tarde desta quarta-feira, 06 de dezembro, presidida pelo Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, o presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, Cláudio Mendonça, e contou, ainda com a especial presença de família de Maria Barba, Dona Ainda, que ajudou a “descobriu” o busto.

Para o governante, Maria Barba, figura incontornável da nossa cultura e da nossa música, teve um enorme papel de representação de Cabo Verde, nos anos em que cantava o nosso país, as nossas vivências no arquipélago e além-fronteira.

Por essa razão, a sua figura, agora em busto, está mesmo à entrada de Povoação Velha para das as boas-vindas a todos os que visitam a localidade que um dia a viu crescer e, mais importante, que todos conheçam a sua história.

“É bom para todos os que visitam Povoação Velha compreendam que nesta vila teve uma senhora que honrou Cabo Verde e o nosso percurso e que ela era Maria Barba”.

Tamboreiros e morna não faltaram para esta festa que Povoação Velha abraçou.

GGoverno de Cabo Verde

IIPC - Instituto do Património CulturalCCâmara Municipal da Boa Vista

Morna, Património Imaterial da Humanidade no centro da conversa na Escola Secundária de Salineiro Assente no pressuposto...
05/12/2023

Morna, Património Imaterial da Humanidade no centro da conversa na Escola Secundária de Salineiro

Assente no pressuposto de que a comunidade tem um papel preponderante no processo de salvaguarda, preservação, valorização e promoção do género, a Direção de Património Imaterial (DPI) e do Gabinete de Educação Patrimonial, realizou hoje, uma conversa aberta sobre a Morna, com alunos do 9º e 11º ano, da Escola Secundária de Salineiro, Ribeira Grande Santiago.

Por ocasião o Técnico Especialista Humberto Lima, discorreu sobre o papel da Morna na identidade e cultural nacional, assim como o seu valor enquanto Património da Humanidade, enquanto a artista convidada, Ineida Moniz, fez duas apresentações aos presentes e falou ainda, da sua experiência como interprete, da sua afinidade e o grau de relevância da Morna na sua carreira musical.

A iniciativa insere-se, no quadro do projeto "MorNa Kumunidadi", cujo objetivo é não apenas promover a educação patrimonial, mas também assegurar a apropriação do Património Imaterial, por diferentes gerações, conforme os pressupostos do plano de Salvaguarda da Morna Património Imaterial da Humanidade.

Ainda nesta semana destacada para as celebrações da Morna, o IPC tem programado mais uma sessão Sobre o Compositor Anu Nobu, no próximo sábado dia 9 de dezembro, em São Domingos.




Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Agrupamento II-Complexo Educativo de Salineiro

Semana da Morna Património Imaterial da Humanidade IPC Realiza Conversa Aberta sobre Morna, Patrimonio da Humanidade na ...
04/12/2023

Semana da Morna Património Imaterial da Humanidade

IPC Realiza Conversa Aberta sobre Morna, Patrimonio da Humanidade na Escola Secundária de Salineiro-RGS

Amanhã, terça-feira, 5 de dezembro, pelas 9h00, a Direção de Património Imaterial (DPI) e o Gabinete de Educação Patrimonial do Instituto do Património Cultural realizam uma Conversa Aberta na Escola Secundária de Salineiro-Ribeira Grande de Santiago.

A sessão, integrada no projeto "MorNa Kumunidadi" para celebrar a Semana Nacional da Morna, contará com a participação do Técnico Especialista do IPC, Humberto Lima e da Artista/Intérprete Ineida Moniz.

O envolvimento da comunidade é crucial na implementação do Plano de Salvaguarda da Morna, que, por meio de programas de educação, transmissão e fomento, propõe sensibilizar para a preservação, valorização e promoção deste património, tanto a nível nacional quanto internacional. Este legado pertence aos cabo-verdianos e à humanidade.

Participe desta iniciativa signif**ativa!




Ministério da Administração Interna de Cabo Verde
Agrupamento II-Complexo Educativo de Salineiro

03/12/2023

A Morna - Património Cultural Imaterial da Humanidade está inscrita na alma do cabo-verdiano e da alma do mundo.
Hoje, 3 de dezembro, Dia Nacional da Morna, data escolhida por ser também a data de nascimento de um dos nossos maiores compositores de morna, B.Leza, devemos celebrar, cantar e manter sempre vivo este património que é de todos nós.

Governo de Cabo Verde

IPC - Instituto do Património Cultural
Comissão Nacional da Unesco - Cabo Verde
Palácio da Cultura Ildo Lobo
Centro Cultural do Mindelo
Arquivo Nacional de Cabo Verde
Governo de Cabo Verde

Seminário do projeto Margullar III - Missão de balanço do projeto margular IINo quadro da missão para o report final do ...
29/11/2023

Seminário do projeto Margullar III - Missão de balanço do projeto margular II

No quadro da missão para o report final do projecto Margullar II, o Instituto do Património Cultural participou no seminário para a discussão dos programas e atividades para o Projeto Margullar III, denominado de Margullar Observer.

Trata-se de um programa que implicará Lanzarote, Madeira, Acores Canárias, Cabo Verde Senegal e São Tomé e Príncipe.

Das necessidades levantadas nos diferentes territórios, o Margullar Observer centrará em 3 pilares:
• Apoio à Investigação Conjunta com Suporte das novas tecnologias;
• Desenvolvimento do tecido Técnico e Científico;
• Transformação dos observatórios em vetores de Economia Azul.

No quadro destas atividades macro estão delineadas várias ações conjuntas entre os territórios, como a publicação de um livro, produção de documentário, criação de uma plataforma digital e realização de seminários e ações de formação de capacitação e técnico profissionais nos domínios da arqueologia subaquática.

O Margullar Observer potencializa os ganhos dos projetos anteriores voltados para o mapeamento dos recursos arqueológicos e o reforço dos espaços de interpretação, trazendo a perspetiva da integração na dinâmica do desenvolvimento da economia azul, mediante a criação de novos produtos turísticos.






Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Proyecto Margullar

Consignação das Obras do Centro Interpretativo da Olaria de Fonte Lima Arrancam as obras para a criação do Centro Interp...
28/11/2023

Consignação das Obras do Centro Interpretativo da Olaria de Fonte Lima

Arrancam as obras para a criação do Centro Interpretativo da Olaria de Fonte Lima com a assinatura do acto da consignação entre a Infraestruturas de Cabo Verde - ICV, e Da Veiga Construções, empresa vencedora do concurso público para a realização da referida obra, na presença da equipa do IPC e das oleiras da comunidade de Fonte Lima.

Da reabilitação e ampliação da casa de cerâmica de Fonte Lima, nascerá o futuro Centro Interpretativo da Olaria de Fonte Lima.

Trata-se de um projeto delineado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas através do Instituto do Património Cultural, dentro do programa macro de valorização da olaria tradicional, onde já se efetivou o Inventário e a publicação do catalogo.

O foco é potencializar novos mecanismos para o desenvolvimento do turismo através da valorização do saber-fazer tradicional. Ali estará patente todo o ciclo de produção do barro, desde da fase da recolha da matéria prima até à comercialização, e toda a vivência comunitária que tem o barro como elemento excecional.

O Projeto conta com o apoio da CMSC e é financiada pelo Governo de Cabo Verde através do POT, via Fundo do Turismo.

As Obras têm como cronograma de execução o primeiro trimestre de 2024.




Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Câmara Municipal de Santa Catarina

Apresentação do Relatório do Projeto Mergulhar IIRepresentantes das regiões da Macaronésia e Senegal contemplados com o ...
23/11/2023

Apresentação do Relatório do Projeto Mergulhar II

Representantes das regiões da Macaronésia e Senegal contemplados com o projeto Margullar II, financiado pela União Europeia, reúnem-se em Lanzarote, para apresentação do relatório de execução do projeto, assente na valorização do património cultural subaquático nos territórios implicados no projeto.

Cabo Verde, representado pelo Instituto do Património Cultural, apresentou, as realizações dos 3 anos do projeto, 2020 - 2023 onde constam:

• Reabilitação de infraestruturas ligadas à temática da arqueologia subaquática e do Mar, e fornecimento de equipamentos e suportes de interpretação como o Museu de Arqueologia da Boa Vista, o Museu do Mar em São Vicente e o Museu de Arqueologia da Praia;

• Prospeções arqueológicas subaquáticas no Ancoradouro da Cidade Velha, no naufrágio da fragata Urânia em Gamboa e em vários outros naufrágios da ilha da Boa Vista;

• Realização de exposições temporárias e permanentes sobre história marítima e património subaquático como a exposição "Cabo Verde na Rota dos Naufrágios" no Museu do Mar, e a exposição permanente do Museu de Arqueologia da Boa vista;

• Realização de programas educativos sobre a temática da Arqueologia e sua importância no contexto da história de Cabo Verde, realizado nas ilhas de Santiago e Boa Vista, destinado ao público escolar, operadores do mar e do setor turismo;

• Criação e disseminação de conteúdos audiovisuais interativos disponibilizados nos Museus, caso dos naufrágios em realidade virtual, o mapa interativo e vídeos dos naufrágios disponível no Museu de Arqueologia da Boa Vista e no Museu do Mar em São Vicente;

Ainda no âmbito do projeto, estão em curso trabalhos para a criação do parque arqueológico da Boa Vista e uma ação de formação a nível nacional sobre gestão de museus e acervos arqueológicos, a ser concluído em dezembro do presente ano.






Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar

IPC na 5ª Missão de Cooperação Transnacional do Projeto MARGULLAR IIO Instituto do Património Cultural, representado pel...
21/11/2023

IPC na 5ª Missão de Cooperação Transnacional do Projeto MARGULLAR II

O Instituto do Património Cultural, representado pela sua Presidente, Ana Samira Baessa e da Diretora dos Museus, Aleida Aguiar Monteiro, participará da 5ª Missão de Cooperação Transnacional do Projeto MARGULLAR II, a ter lugar entre os dias 21 a 24 de novembro de 2023, em Lanzarote.

O projeto em referência, é financiado pela União europeia através do Programa Mac 2014-2020, gerido pelo Cabildo de Lanzarote, (Canárias).

Esta missão tem por objetivo fazer o balanço das ações realizadas pelo projeto nos diferentes territórios e delinear as necessidades e o que falta desenvolver no quadro da montagem do Projeto Margullar III em curso.






Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
Proyecto Margullar

QUE CAMINHOS PARA OS ESTUDOS CULTURAIS CABO-VERDIANOS? CASO DO BATUCO & FUNANÁA Direção do Património Imaterial da IPC, ...
21/11/2023

QUE CAMINHOS PARA OS ESTUDOS CULTURAIS CABO-VERDIANOS? CASO DO BATUCO & FUNANÁ

A Direção do Património Imaterial da IPC, realizou uma Mesa Redonda, subordinada a dois importantes bens do Património Imaterial cabo-verdiano, batuco e funaná. O objetivo foi de aprofundar e partilhar a nível do corpo técnico da instituição, as discussões sobre os princípios e os caminhos da investigação cultural conducentes aos processos de salvaguarda e valorização da identidade cultural nacional.

A Diretora do Património Imaterial, Carla Semedo, discorreu sobre Contranarrativas e agenciamentos musicais dos coletivos de tchabeta na roça Agostinho Neto, e o seu papel enquanto instrumento de afirmação de identidade e reivindicação do espaço entre os descendentes cabo-verdianos em São Tomé e Príncipe, em consequência do processo migratório a partir da década de 40, do século passado.

A Historiadora Débora Cristina Sanches versou sobre o percurso histórico e contextual do Batuco, trazendo a discussão as raízes dessa manifestação cultural, seguramente uma das mais antigas do país. Já o Antropólogo Martinho Brito trouxe para o debate a relevância do Funaná enquanto elemento da “Resiliência cultural em Cabo Verde” e a forma como a prática forjada no interior da ilha de santiago, em espaços de confraternização e sociabilidade se conforma como elemento identitário e de não subjugação cultural.

A sessão culminou com um produtivo debate a volta dos temas propostos e novas pistas de investigação e de valorização destes bens no contexto do quadro de proteção existente.

Nota-se, que a IPC está atualmente a trabalhar em projetos de valorização do batuque e do funaná com vista a suas classif**ações como património imaterial nacional e a constituição de futuros dossiers à Patrimônio Imaterial da Humanidade.




Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas

Cabo Verde acaba de perder uma ilustre figura e ícone da nossa música e da nossa cultura.O país está de luto. O Ministro...
19/11/2023

Cabo Verde acaba de perder uma ilustre figura e ícone da nossa música e da nossa cultura.

O país está de luto.

O Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente lamenta partida prematura da artista e compositora de descendência cabo-verdiana, Sara Tavares.

O Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas endereça as mais profundas condolências à família.

Governo de Cabo Verde

Voa borboleta - Serás eterna no “ponto de luz” que nos f**a

Cabo Verde acaba de perder uma ilustre figura e ícone da nossa música e da nossa cultura.

O país está de luto.

O Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente lamenta partida prematura da artista e compositora de acendência cabo-verdiana, Sara Tavares.

O Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas endereça as mais profundas condolências à família.
Governo de Cabo Verde

Encerra-se a Formação - “Arqueologia Subaquática para uma exploração Marinha Responsável” Durante 3 dias, guias turístic...
17/11/2023

Encerra-se a Formação - “Arqueologia Subaquática para uma exploração Marinha Responsável”

Durante 3 dias, guias turísticos, mergulhadores, pescadores e outros profissionais ligados às atividades marinhas na ilha de Boa Vista, imergiram nos princípios da arqueologia subaquática, identif**ação e interpretação de sítios arqueológicos submersos, contextualização histórica e cultural dos naufrágios e na diversidade dos vestígios submersos em Cabo Verde.

O objetivo da formação, para além da sensibilização para a proteção dos oceanos mediante uma exploração responsável, é chamar a atenção para as potencialidades existentes nos domínios dos roteiros arqueológicos subaquáticos, na diversif**ação da oferta e das experiências turísticas.

A ação de formação, teve o apoio da Câmara Municipal da Boa Vista e culminou com a entrega de certif**ados e uma visita guiada ao Museu de Arqueologia da Boa Vista, coordenada pelo Técnico Conservador José Lima, enquanto parte dos ganhos do processo de valorização do património subaquático de Cabo Verde.

Vale ressaltar, que a iniciativa levada a cabo entres os dias 14 e 16 de novembro, em Sal Rei, enquadra-se no Projeto MARGULLAR II, do programa INTERREG MAC 2014-2020, financiado pela União Europeia, sob a coordenação do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do Instituto do Património Cultural (IPC), contando com a participação de Empresas de mergulho nacional, arqueológos da Universidade Nova de Lisboa e do Escritório Regional da UNESCO DAKAR.
Os trabalhos arqueológicos tiveram o acompanhamento técnico do IPC, através do Técnico- Conservador José Lima.






Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
Proyecto Margullar

42º Conferência Geral da Unesco - Encontro paralelo IPC, Centro do Património Mundial Durante a participação na 42º conf...
16/11/2023

42º Conferência Geral da Unesco - Encontro paralelo IPC, Centro do Património Mundial

Durante a participação na 42º conferência Geral da UNESCO, a Presidente do IPC realizou encontros paralelos com vários sectores da UNESCO, onde foram apresentados os projetos em curso para a Salvaguarda e Valorização do Património Cabo-verdiano e as perspetivas para novas candidaturas, horizonte 2026.

Destes encontros, destacam-se a realizada com o Director do Património Mundial, Dr. Lazare Eloundou, e o Chefe da Unidade África do Centro do Património Mundial, Dr. Muhammad Juma Muhammad. Estes encontros serviram para um balanço das principais atividades na Cidade Velha, Património Mundial, onde se destaca, a atualização do Plano de Gestão 2022-2029, o Plano Detalhado de Salvaguarda, o Projeto de Requalif**ação Urbana e Ambiental, financiado pelo Governo de Cabo Verde, através do Banco Mundial, projetos assentes na proteção do Valor Universal Excecional (VUE) do sítio, na melhoria da paisagem urbana histórica e na promoção do desenvolvimento local.

Sobre a possibilidade de novas candidaturas a património Mundial, falou-se do Campo de Concentração do Tarrafal, da Paisagem Cultural de Cova, Paúl e Ribeira da Torre e da Tabanca enquadrada na convenção do Património Imaterial de 2003, conforme discutida com a Especialista do Programa do Património Imaterial, Ana Gonzalez.

Da parte destes sectores ficou a disponibilidade para apoiar tecnicamente o país neste importante processo de salvaguarda do Património, mormente no reforço das capacidades para as novas candidaturas do país, na vertente mista, cultural e natural e transfronteiriça, que envolve outros estados, como é o caso do Campo de Concentração do Tarrafal.





Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
Comissão Nacional da Unesco - Cabo Verde

Cidade Velha vai ser caso de Estudo no Relatório de Resiliência dos SIDS A Cidade Velha enquanto Património Mundial de u...
15/11/2023

Cidade Velha vai ser caso de Estudo no Relatório de Resiliência dos SIDS

A Cidade Velha enquanto Património Mundial de um PEID integra o estudo Piloto de Resiliência no Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento e que agregam as perspetivas de salvaguarda e valorização do Património Mundial enquanto mecanismos para o reforço da resiliência em diferentes domínios da sustentabilidade, mormente pela via da dinamização dos recursos endógenos.

O estudo vai ser conduzido pela celebre jornalista Georja Calvin- Smith do programa Eyes on Africa, da France 24´s, mediante a sintetização dos ganhos alcançados desde a classif**ação deste sítio como Património Mundial e a forma como a valorização desse património tem impactado o desenvolvimento local e o bem-estar da comunidade.

Esta informação foi transmitida pela Chefe de Sessão dos Pequenos Países Insulares em Desenvolvimento, Dra. Zulmira Rodrigues, durante o encontro paralelo no quadro da missão a 42º Conferência Geral da Unesco, realizada em Paris.





Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
UNESCO
Comissão Nacional da Unesco - Cabo Verde

42º Conferência Geral da UNESCO – Encontros paralelos IPC A 42º Conferência geral da UNESCO, realizada em Paris, de 06 a...
14/11/2023

42º Conferência Geral da UNESCO – Encontros paralelos IPC

A 42º Conferência geral da UNESCO, realizada em Paris, de 06 a 10 de novembro juntou representante dos 193 países que compõem esta organização mundial para debater os sectores desta organização com a educação, cultura e ambiente.

Da Delegação Cabo-verdiana chefiada pelo Ministro da Educação Dr. Amadeu Cruz, fez parte a Presidente do Instituto do Património Cultural, Ana Samira Silva Baessa, O Diretor Nacional da educação, Adriano Moreno, e a secretária Executiva da CNU – Cabo Verde, Dr. Carla Palavra.

Durante a missão a Presidente do IPC, realizou vários encontros paralelos, com as diferentes estruturas da Unesco para o sector da Cultura, visando apresentar a carteira dos projetos em curso no país e reforçar parcerias para a concretização de projetos ligados à proteção, valorização, salvaguarda e promoção do património cultural nacional.

No encontro com Diretora de Políticas Culturais da UNESCO, Paola Leoncini Bartolli, discutiu-se a integração dos setores de educação e cultura, como meio para combater a informalidade do setor da cultura através do aproveitamento de conhecimentos e experiências dos profissionais ligados às artes tradicionais e às produções locais.

Com o Diretor Regional da UNESCO Dakar, Dimitre Sanga, falou-se sobre os projetos financiados pela Unesco Dakar em curso, nomeadamente a digitalização de coleções nos museus e reforços de capacidades para implementação da Convenção 1972 e Convenção de 2003 em parceria com a Guiné Bissau, estando em programação o atelier para a implementação da convenção de 2005, em janeiro de 2024.

Em reunião com o Diretor da Divisão e Secretário do Programa Mundial da Biosfera – MAB, António Abreu, discutiu-se a possibilidade do reforço das capacidades nacionais para a preparação de novas candidaturas, horizonte 2026, como da paisagem cultural de Cova, Paúl e Ribeira da Torre, em Santo Antão.

De realçar que Cabo Verde ratificou as principais convenções da Unesco para o sector da Cultura, através do qual tem-se impulsionado as dinâmicas da valorização do património nacional e a inscrição de bens na lista do Património Mundial, como a Cidade Velha e a Morna.






Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
UNESCO
Unesco World Heritage Sites
Comissão Nacional da Unesco - Cabo Verde

Formação - “Arqueologia Subaquática para uma exploração Marinha Responsável”O Ministério da Cultura e das Indústrias Cri...
14/11/2023

Formação - “Arqueologia Subaquática para uma exploração Marinha Responsável”

O Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do Instituto do Património Cultural (IPC), no quadro do Projeto MARGULLAR II, do programa INTERREG MAC 2014-2020, financiado pela União Europeia, realizará de 14 a 16 de novembro, no Centro de Artes e Cultura (CAC) em Sal Rei, ilha da Boavista, a formação “Arqueologia Subaquática para uma exploração Marinha Responsável”.

Direcionada aos gestores e guias turísticos, mergulhadores, pescadores e outros profissionais ligados às atividades marinhas, o objetivo é aprimorar a lacuna de conhecimento existente entre estes profissionais em relação a uma componente importante no contexto marítimo que é o Património Arqueológico Subaquático.

A ilha da Boa Vista dispõe de cerca de 50 sítios arqueológicos, cuja abordagem no quadro deste projeto é de valorizar e proteger estes bens patrimoniais e sua integração como mais valia para o desenvolvimento e diversif**ação da oferta turística local e nacional.

A Capacitação destes profissionais contribuirá não apenas no aumento do valor da experiência turística, mas também na conservação e promoção do património cultural subaquático de Cabo Verde, destacando a singularidade da Ilha como um destino turístico excecionalmente enriquecedor.

A formação será ministrada pelo Arqueólogo José Bettencourt do Centro de Humanidades (CHAM) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e pelo Arqueólogo do IPC Adérito Tavares.

Lembre-se que o projeto MARGULLAR II tem como objetivo principal a preservação, conservação, promoção e valorização do património arqueológico subaquático da região da Macaronésia.






Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
Proyecto Margullar

Projeto Margullar II - Prospeção subaquática na ilha da BoavistaA Cidade de Sal Rei, ilha da Boavista acolherá entre os ...
13/11/2023

Projeto Margullar II - Prospeção subaquática na ilha da Boavista

A Cidade de Sal Rei, ilha da Boavista acolherá entre os dias 14 e 18 de novembro, os trabalhos de prospeção subaquática.

Trata-se do projeto de Cooperação Territorial, financiado pela União Europeia no quadro do Programa Mac 2014-2020 e que tem como principal objetivo a implementação de uma Rede de Parques Arqueológicos da Macaronésia.

A prospeção arqueológica será realizada por um consórcio de empresas de mergulho nacional e do Senegal acompanhados por arqueólogos da Universidade Nova de Lisboa e afetos ao Escritório Regional da UNESCO DAKAR. Estes trabalhos dão o pé de saída para a criação do parque arqueológico subaquático.

De realçar, que no quadro do programa Margullar II, várias atividades foram desenvolvidas, nomeadamente ações de sensibilização e informação sobre o Património Subaquático, o inventário e catalogação dos naufrágios ocorridos em Cabo Verde, a melhoria dos espaços de interpretação como o Museu do Mar em São Vicente, o Museu de Arqueologia da Boa Vista e várias outras iniciativas.





Governo de Cabo Verde
Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas
Bureau régional de l'Unesco à Dakar
Proyecto Margullar

13/11/2023

CENTRO INTERPRETATIVO SEMA LOPI

Apresentamos o Centro Interpretativo Sema Lopi, um projeto que visa preservar e enaltecer a memória deste extraordinário artista, cujo legado deixou uma marca indelével no funaná, património imaterial de Cabo Verde.

Cofinanciado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do IPC - Instituto do Património Cultural, e pela Câmara Municipal de Santa Cruz, este projeto permite dar o devido reconhecimento às figuras que impactaram a cultura nacional, mormente relacionadas com este género tradicional e alargar a oferta turístico-cultural no Município de Santa Cruz.

Visualize o espaço e aprecie os objetos, doados pela família de Sema Lopi, testemunhando a história viva deste ícone da música tradicional cabo-verdiana.
Junte-se a nós para celebrar a herança cultural do funaná, e faça parte desta experiência enriquecedora que honra as raízes e contribui para a preservação de uma parte fundamental da identidade de Cabo Verde.
O Centro Interpretativo Sema Lopi é mais do que uma visita, é uma celebração vibrante da cultura que nos une.
Visite-nos




Governo de Cabo Verde

Nota de pesarÉ com profunda tristeza e consternação que o Instituto do Património Cultural tomou conhecimento do desapar...
13/11/2023

Nota de pesar

É com profunda tristeza e consternação que o Instituto do Património Cultural tomou conhecimento do desaparecimento físico do Sr. Emilio Horta Almeida, mais conhecido por Emilio Pomba.
Emilio foi importante portador de memória da Cidade Velha e onde participou ativamente na preparação do dossier de candidatura da Cidade Velha a Património Mundial.

Foi membro do comitê de Gestão do Sítio Histórico da Cidade Velha, Património Mundial, entre 2008 e 2012, sendo uma figura que sempre contribuiu para manter vivo o património cultural do sítio histórico.

Nesta hora de dor e pesar endereçamos as nossas mais sentidas condolências à família enlutada e à toda a comunidade residente no Sítio Histórico.

No âmbito do Acordo de Cooperação celebrado entre Portugal e Cabo Verde, será realizado em 2024 um conjunto de atividade...
08/11/2023

No âmbito do Acordo de Cooperação celebrado entre Portugal e Cabo Verde, será realizado em 2024 um conjunto de atividades para comemoração de dois marcos históricos solidif**ados no valor da Liberdade: os 50 anos do 25 de abril de 1974 (50 Anos 25 Abril) e os 50 anos do encerramento do Campo de Concentração do Tarrafal, com a respetiva libertação dos últimos presos políticos.

De visita a Cabo Verde, a comitiva da Estrutura de Missão para as referidas Comemorações (EM25Abril) foi recebida pelo Embaixador de Portugal, que se inteirou dos trabalhos desenvolvidos com o IPC - Instituto do Património Cultural. Acompanhada pela Cooperação Portuguesa (Camões, I.P.), a delegação visitou o Campo do Tarrafal, onde serão realizados eventos culturais e educativos. Adicionalmente, foram assegurados outros encontros institucionais, nomeadamente com a Fundação Amílcar Cabral e a Universidade de Cabo Verde - UniCV.






̧ão




Ministro da Educação participa na 42ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cult...
03/11/2023

Ministro da Educação participa na 42ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO)

O Ministro da Educação, Amadeu Cruz, participa de 06 a 10 de novembro, na 42ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em Paris, França, que junta os representantes dos 193 países que compõem esta organização mundial até dia 27 de novembro, tendo na agenda discussões sobre educação, cultura e ambiente.

O governante chefia uma delegação cabo-verdiana na Conferência Geral e irá discursar na sede da UNESCO, no dia 08 de novembro, em representação ao Governo de Cabo Verde, sobre as politicas educativas, culturais, indústrias criativas, ambiente, ciências e novas tecnologias.

Além da participação nas plenárias da Assembleia Geral, o titular da pasta da educação realizará encontros paralelos, com os homólogos dos países parceiros estratégicos nos domínios da Educação, Ensino Superior e Investigação Científ**a.

O Ministro Amadeu Cruz, que nesta missão far-se-á acompanhado pela Secretária Executiva da Comissão Nacional de Cabo Verde para UNESCO (CNU), Carla Palavra, Diretor Nacional da Educação, Adriano Moreno, Presidente do IPC, Ana Samira Silva Baessa, irá participar na eleição da Diretora Geral da UNESCO, marcado para o dia 07 de novembro.

A Conferência Geral da UNESCO, que reúne os Estados Membros a cada 2 anos, tem como propósito determinar as políticas e as principais linhas de trabalho, discutir as questões relativas à política geral, a adoção de um respetivo programa para os próximos anos e um orçamento para a organização, eleição dos membros do conselho executivo, assim como a nomeação do Diretor Geral, para os dois anos seguintes.

Ministro da Educação participa na 42ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO)

O Ministro da Educação, Amadeu Cruz, participa de 06 a 10 de novembro, na 42ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em Paris, França, que junta os representantes dos 193 países que compõem esta organização mundial até dia 27 de novembro, tendo na agenda discussões sobre educação, cultura e ambiente.

O governante chefia uma delegação cabo-verdiana na Conferência Geral e irá discursar na sede da UNESCO, no dia 08 de novembro, em representação ao Governo de Cabo Verde, sobre as politicas educativas, culturais, indústrias criativas, ambiente, ciências e novas tecnologias.

Além da participação nas plenárias da Assembleia Geral, o titular da pasta da educação realizará encontros paralelos, com os homólogos dos países parceiros estratégicos nos domínios da Educação, Ensino Superior e Investigação Científ**a.

O Ministro Amadeu Cruz, que nesta missão far-se-á acompanhado pela Secretária Executiva da Comissão Nacional de Cabo Verde para UNESCO (CNU), Carla Palavra, Diretor Nacional da Educação, Adriano Moreno, Presidente do IPC, Ana Samira Baessa, irá participar na eleição da Diretora Geral da UNESCO, marcado para o dia 07 de novembro.

A Conferência Geral da UNESCO, que reúne os Estados Membros a cada 2 anos, tem como propósito determinar as políticas e as principais linhas de trabalho, discutir as questões relativas à política geral, a adoção de um respetivo programa para os próximos anos e um orçamento para a organização, eleição dos membros do conselho executivo, assim como a nomeação do Diretor Geral, para os dois anos seguintes.

Endereço

Achada Santo António
Praia

Horário de Funcionamento

Segunda-feira 08:00 - 16:00
Terça-feira 08:00 - 16:00
Quarta-feira 08:00 - 16:00
Quinta-feira 08:00 - 16:00
Sexta-feira 08:00 - 16:00

Telefone

+2382623385

Notificações

Seja o primeiro a receber as novidades e deixe-nos enviar-lhe um email quando IPC - Instituto do Património Cultural publica notícias e promoções. O seu endereço de email não será utilizado para qualquer outro propósito, e pode cancelar a subscrição a qualquer momento.

Entre Em Contato Com O Negócio

Envie uma mensagem para IPC - Instituto do Património Cultural:

Vídeos

Compartilhar