Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados

Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados O Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados aborda os mais variados aspectos relacionados com a astronomia.
(17)

Nesta página são colocadas as atualizações que estão ocorrendo no mundo e fora dele. Somos uma sociedade anônima que faz a atualização do tempo e espaço, na vida cotidiana.

Mission: Alertar o mundo de tudo o que pode estar acontecendo ao nosso redor e mostrar toda a verdade, sem medo de o que pode vir pela frente.

Operating as usual

06/04/2015

Oscilações no clima podem vir no mês do solstício e da convergência harmônica mudando completamente o clima temporariamente em várias regiões.

01/20/2015

#Estágio
O Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados no município de Rio Branco no Acre está abrindo um processo seletivo de Estágio de meio período para alunos de ensino médio, Sistemas de Informação, Geografia, Química, Física, Ciências Biológicas e Tecnólogo em internet (3° Período).
O Interessado deve enviar um currículo por mensagem para essa página https://www.facebook.com/e.adetoe até o dia 23 de Janeiro, e no dia 25 as 14:00 Horas será Publicada uma lista com o nome dos selecionados e as instruções para a efetivação da Inscrição.
Alunos de outras áreas podem enviar o currículo, mas terão que fazer uma prova de conhecimentos gerais.
#Rio_Branco - Acre
Obs: Os alunos de Ensino Médio são do 1° ao 3° Ano sendo que a idade Mínima é de 16 Anos;

Menor de Idade carece do acompanhamento dos pais ou responsáveis.

Elieser Damer Oliver (Diretor de Setor regional)

Robô Philae envia boas notícias, mas estaria pousado em um declive
11/13/2014
Google

Robô Philae envia boas notícias, mas estaria pousado em um declive

Eclipse total deixará a Lua avermelhada na madrugada de 4ª No Brasil, quanto mais a oeste estiver o observador, melhor e...
10/07/2014

Eclipse total deixará a Lua avermelhada na madrugada de 4ª

No Brasil, quanto mais a oeste estiver o observador, melhor ele poderá ver o eclipse. No Acre e no extremo oeste do Amazonas, o fenômeno deve começar por volta das 5h30, permitindo boa visualização.

Nessa área, quem acordar de madrugada e olhar em direção à Lua, a oeste, verá o satélite natural escurecido e tingido por um tom avermelhado.

Na faixa que inclui Roraima, a maior parte do Amazonas, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o eclipse começa em torno de 6h30. Mesmo com o dia claro, deve ser possível notar a mudança na coloração da Lua nessas áreas.

No restante das regiões Norte e Centro-Oeste, e também no Sul e no Sudeste, o eclipse vai começar às 7h30, já de dia, o que vai dificultar sua visualização. No Litoral do Nordeste, o fenômeno não será visível.

A zona ideal para observar esse eclipse inclui a costa oeste dos Estados Unidos, o norte do Japão, o leste da Austrália, a Nova Zelândia, o Havaí e a Polinésia.

Quem estiver lá vai poder apreciar plenamente os tons turquesa e cor de cobre que devem colorir a Lua enquanto a Terra bloqueia os raios solares que a iluminam.

Especialistas da NASA explicam que essas cores são resultado da filtragem da luz solar nas várias camadas da atmosfera terrestre. Raios luminosos que atravessam as camadas inferiores ficam avermelhados. Já aqueles que cortam a camada de ozônio na estratosfera ficam azulados.

Ao passar pela atmosfera terrestre, a luz solar sofre refração e difração. Uma pequena parte dela chega até a Lua, o que faz com que o satélite natural não fique totalmente escuro durante o eclipse.

Tonight, the night of October 7-8, 2014
There is a total eclipse of the full moon.
This is the Northern Hemisphere’s Hunter’s Moon
(the full moon after the Harvest Moon).
It’s also a Blood Moon, and this eclipse is the second in a series of four so-called Blood Moon eclipses.

For North America and the Hawaiian Islands,
the total lunar eclipse happens in the early hours before sunrise on October 8.

For New Zealand, Australia and eastern Asia,
the total eclipse is seen after sunset on October 8.

A partial lunar eclipse can be seen before sunrise October 8 from much of South America,
or after sunset October 8 from western Asia.

Nosso próximo rover que enviaremos para Marte em 2020 vai levar sete instrumentos cuidadosamente selecionados para reali...
07/31/2014
NASA Announces Mars 2020 Rover Payload to Explore the Red Planet as Never Before

Nosso próximo rover que enviaremos para Marte em 2020 vai levar sete instrumentos cuidadosamente selecionados para realizar ciência sem precedentes e as investigações de tecnologia de exploração do planeta vermelho. Mais informações: go.nasa.gov/1lgpZf0 #JourneyToMars
Our next rover we will send to Mars in 2020 will carry seven carefully-selected instruments to conduct unprecedented science and exploration technology investigations on the Red Planet. More: go.nasa.gov/1lgpZf0 #JourneyToMars

The next rover NASA will send to Mars in 2020 will carry seven carefully-selected instruments to conduct unprecedented science and exploration technology investigations on the Red Planet.

Astronomers using NASA's Hubble Space Telescope have unexpectedly discovered the most distant galaxy that acts as a cosm...
07/31/2014
Hubble Shows Farthest Lensing Galaxy Yields Clues to Early Universe

Astronomers using NASA's Hubble Space Telescope have unexpectedly discovered the most distant galaxy that acts as a cosmic magnifying glass. Seen here as it looked 9.6 billion years ago, this monster elliptical galaxy breaks the previous record-holder by 200 million years. More: go.nasa.gov/1lgEHCM

Astronomers using NASA's Hubble Space Telescope have unexpectedly discovered the most distant galaxy that acts as a cosmic magnifying glass.

New research shows that more than four billion years ago the surface of Earth was heavily reprocessed – or melted, mixed...
07/31/2014
New NASA Research Shows Giant Asteroids Battered Early Earth

New research shows that more than four billion years ago the surface of Earth was heavily reprocessed – or melted, mixed, and buried – as a result of giant asteroid impacts. More: http://go.nasa.gov/1k9HFhd

New research shows that more than four billion years ago the surface of Earth was heavily reprocessed – or melted, mixed, and buried – as a result of giant asteroid impacts.

Está ficando quente aqui! Três foguetes X-classe irromperam do lado esquerdo do sol 10-11 de junho de 2014. Essas imagen...
06/12/2014

Está ficando quente aqui! Três foguetes X-classe irromperam do lado esquerdo do sol 10-11 de junho de 2014. Essas imagens são do Observatório de dinâmica Solar da NASA e mostrar a luz em uma mistura de dois comprimentos de onda ultravioletas: 171 e 131 Angstrons. O primeiro é colorido de amarelo; o último, em vermelho.

Saiba mais: http://1.usa.gov/1u7rUGt crédito da imagem: NASA/SDO

It's getting hot in here! Three X-class flares erupted from the left side of the sun June 10-11, 2014. These images are from NASA's Solar Dynamics Observatory and show light in a blend of two ultraviolet wavelengths: 171 and 131 angstroms. The former is colorized in yellow; the latter, in red.

Learn more: http://1.usa.gov/1u7rUGt

Image Credit: NASA/SDO

06/07/2014

Olhe para o céu agora
Estar mudado.

Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados's cover photo
04/29/2014

Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados's cover photo

Um sensor de protótipo poderia dar visão noturna para satélites da terra.SeaWiFS, MODIS e Giovanni instrumentos agora em...
04/29/2014

Um sensor de protótipo poderia dar visão noturna para satélites da terra.

SeaWiFS, MODIS e Giovanni instrumentos agora em órbita só podem medir a cor do oceano durante o dia.

Um novo instrumento - OCULLAR - permitiria que a próxima geração de satélites da terra para recolher a informação de cor da luz da lua refletida.
Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados http://go.nasa.gov/QUQNJ4 da NASA NASA's Earth Observatory

A prototype sensor could give night vision to Earth satellites.

MODIS and Suomi NPP's VIIRS instruments, now in orbit can only measure ocean color during the day.

A new instrument - OCULLAR - would allow the next generation of Earth satellites to glean color information from reflected moonlight.
#TechTuesday
http://go.nasa.gov/QUQNJ4
NASA's Earth Observatory

O sol e a sua atmosfera consistem em várias zonas ou camadas, do núcleo do interior para o exterior corona. Além da coro...
04/29/2014

O sol e a sua atmosfera consistem em várias zonas ou camadas, do núcleo do interior para o exterior corona. Além da coroa é o vento solar, que é uma expansão para fora do plasma coronal que se estende bem além da órbita de Plutão.

Esta toda a região do espaço, influenciado pelo sol é chamada a heliosfera. Controlada pelo campo magnético da terra, a magnetosfera age como um escudo protegendo o planeta de vento solar.

O formato da magnetosfera da terra é o resultado direto de ser impactado pelo vento solar, comprimido de lado sunward e alongada no lado noturno, do rabo magnético. A onda de choque, onde o vento solar encontra a magnetosfera da terra é chamada o bow shock, que retarda e desvia o vento solar.

Atividade solar levar a erupções solares, que inclui tais fenômenos como as manchas solares, flares, proeminências e ejeções de massa coronal que influenciam o clima do espaço, ou condições ambientais perto da terra. Sociedade moderna depende muito de uma variedade de tecnologias que são suscetíveis a tempo espacial. CME, por exemplo, pode causar tempestades geomagnéticas que podem perturbar as comunicações por satélite e equipamentos de navegação e até mesmo causar blecautes.

Crédito: NASA Goddard

The Sun and its atmosphere consist of several zones, or layers, from the inner core to the outer corona. Beyond the corona is the solar wind, which is an outward expansion of coronal plasma that extends well beyond the orbit of Pluto.

This entire region of space influenced by the Sun is called the heliosphere. Controlled by the Earth's magnetic field, the magnetosphere acts as a shield protecting the planet from solar wind.

The shape of the Earth's magnetosphere is the direct result of being impacted by solar wind, compressed on its sunward side and elongated on the night-side, the magnetotail. The shock wave where the solar wind encounters Earth's magnetosphere is called the bow shock, which slows and diverts the solar wind.

Solar activity lead to solar eruptions, which includes such phenomena as sunspots, flares, prominences, and coronal mass ejections that influence space weather, or near-Earth environmental conditions. Modern society depends heavily on a variety of technologies that are susceptible to space weather. CMEs for example can cause geomagnetic storms that can disrupt satellite communications and navigational equipment, and even cause blackouts.

Credit: NASA Goddard

Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados's cover photo
04/15/2014

Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados's cover photo

Eclipse da lua eadetoe
04/15/2014

Eclipse da lua eadetoe

04/15/2014

Agora a lua está começando a voltar ao normal sendo iluminada pelo sol.

04/15/2014

Por uma obra que concerteza Deus quem fez desapareceram todas as nuvens que incubriam o céu do Acre deixando-o limpo.

04/15/2014

Eadetoe eclipse ao vivo

Como visto na #Cosmos: as ondas de luz estudar todo o espectro eletromagnético se comportam de forma semelhante. Quando ...
04/09/2014

Como visto na #Cosmos: as ondas de luz estudar todo o espectro eletromagnético se comportam de forma semelhante. Quando uma onda de luz encontra um objeto, eles são transmitidos, refletidos, absorvidos, refratados, polarizados, difratados ou espalhados dependendo da composição do objeto e o comprimento de onda da luz.

Os aviões e naves espaciais a bordo de instrumentos especializados da NASA coletam dados sobre como as ondas eletromagnéticas se comportam quando eles interagem com a matéria. Estes dados podem revelar a composição física e química da matéria.

Visto aqui é uma amostra dos telescópios (operando a partir de fevereiro de 2013) operando em comprimentos de onda através do espectro eletromagnético. Vários destes observatórios observam mais do que uma banda do espectro, e aqueles que são colocados dentro da banda de seus principais instrumentos de.

Os observatórios representados são: HESS, Fermi e Swift por raios gama, NuSTAR e Chandra de raios-x, GALEX para ultravioleta, Kepler, Hubble, Keck (I e II), sal e Gemini (Sul) para visível, Spitzer, Herschel e Sofia para infravermelho, Planck e CARMA para microondas, Spektr-R, Greenbank e VLA para rádio.

Crédito da imagem: NASA #nasa #light #emspectrum #space #univserse

As seen on #Cosmos: Studying Light

Light waves across the electromagnetic spectrum behave in similar ways. When a light wave encounters an object, they are either transmitted, reflected, absorbed, refracted, polarized, diffracted, or scattered depending on the composition of the object and the wavelength of the light.

Specialized instruments onboard NASA spacecraft and airplanes collect data on how electromagnetic waves behave when they interact with matter. These data can reveal the physical and chemical composition of matter.

Seen here is a sample of telescopes (operating as of February 2013) operating at wavelengths across the electromagnetic spectrum. Several of these observatories observe more than one band of the EM spectrum, and those are placed within the band of their primary instrument(s).

The represented observatories are: HESS, Fermi and Swift for gamma-ray, NuSTAR and Chandra for X-ray, GALEX for ultraviolet, Kepler, Hubble, Keck (I and II), SALT, and Gemini (South) for visible, Spitzer, Herschel, and Sofia for infrared, Planck and CARMA for microwave, Spektr-R, Greenbank, and VLA for radio.

Image credit: NASA
#nasa #light #emspectrum #space #univserse

ECLIPSE TOTAL DIA 15 VISÍVEL DE TODO O BRASIL.
04/06/2014
Eclipse lunar total em abril 15 2014 (Brasil).

ECLIPSE TOTAL DIA 15 VISÍVEL DE TODO O BRASIL.

Informações sobre o eclipse lunar total em 15 abril 2014 no Brasil. Fase da lua, iluminação, distância à Terra em 15 de abril de 2014 visto a partir do Brasil.

ALUNOS mudando o mundo: Se você perdeu o evento de Capstone MyCOE/SERVIR esta manhã, ele vai ser retransmitir na NASA TV...
04/03/2014

ALUNOS mudando o mundo: Se você perdeu o evento de Capstone MyCOE/SERVIR esta manhã, ele vai ser retransmitir na NASA TV ao meio-dia Central e outra vez em 15 (também podem ser visualizados através do http://www.nasa.gov/nasatv). Quatorze estudantes internacionais provenientes de 10 países apareceram ao vivo da sede da NASA, abordando questões climáticas em regiões do mundo em desenvolvimento. Para obter mais informações, visite https://servirglobal.net/MyCOEOpportunities.aspx

STUDENTS CHANGING THE WORLD: If you missed the MyCOE/SERVIR Capstone Event this morning, it will be rebroadcast on NASA TV at noon Central time and again at 3 p.m. (also viewable via http://www.nasa.gov/nasatv). Fourteen international students from 10 countries appeared live from NASA Headquarters, addressing climate-change issues across developing regions of the world. For more information, visit https://servirglobal.net/MyCOEOpportunities.aspx

Administrador de associado da NASA Robert Lightfoot (gravata azul) olha para uma maquete de um instrumento de terra-obse...
04/03/2014

Administrador de associado da NASA Robert Lightfoot (gravata azul) olha para uma maquete de um instrumento de terra-observando na NASA Langley Research Center. O dispositivo será anexado à estação espacial internacional, para estudar a atmosfera e a camada de ozônio protetora da terra.

Lightfootvisited Langley para ver o instrumento, chamado de aerossóis estratosféricos e gás experimento III/ISS (SAGE III/ISS) e reunir-se com os funcionários como parte de um esforço para visitar todos os 10 centros de campo da Agência em todo o país.

SAGE III/ISS vai medir ozônio, vapor de água e aerossóis na atmosfera da terra quando é anexado à estação espacial em 2015.

NASA’s associate administrator Robert Lightfoot (blue tie) looks at a mockup of an Earth-observing instrument at NASA Langley Research Center. The device will be attached to the International Space Station to study Earth's atmosphere and protective ozone layer.

Lightfootvisited Langley to view the instrument, called the Stratospheric Aerosol and Gas Experiment III/ISS (SAGE III/ISS), and meet with employees as part of an effort to visit all of the agency’s 10 field centers around the country.

SAGE III/ISS will measure ozone, water vapor and aerosols in Earth’s atmosphere when it is attached to the space station in 2015.

Address

Washington D.C., DC
+1 202-358-0000

Alerts

Be the first to know and let us send you an email when Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados posts news and promotions. Your email address will not be used for any other purpose, and you can unsubscribe at any time.

Contact The Business

Send a message to Espaço Astronômico, Astronáutica e Ciências Espaciais de Todos os Estados:

Videos

Nearby government services


Other Government Organizations in Washington D.C.

Show All